terça-feira , 21 maio 2019

Vendas de aparelhos Lumia aumentam, mas receita da Microsoft com divisão de celulares diminui

Hoje a Microsoft anunciou seu resultado financeiro para o segundo trimestre deste ano.

A companhia registrou receita de US$ 22.2 bilhões e perda de US$ 2.1 bilhões, causada principalmente, em função do desempenho da divisão de celulares adquirida da Nokia.

No trimestre, a Microsoft vendeu 8.4 milhões de celulares Lumia contra apenas 5.8 milhões vendidos no mesmo período do ano passado. Porém, as receitas nesse segmento registraram um declínio de 38%.

Você deve estar se perguntando como a quantidade de celulares vendidos pode ter aumentado e a receita diminuído. Simples! No último ano, a Microsoft focou apenas no lançamento de celulares de entrada e intermediários, onde a margem de lucro é menor. Isto só reforça a importância da companhia voltar ao segmento premium com os lançamentos com Windows 10 Mobile esperados para o final deste ano.

Já a linha Surface continua registrando crescimento. As receitas originadas pelo tablet capaz de substituir o notebook foram 117% maiores do que as obtidas no mesmo período do ano passado, totalizando US$ 888 milhões, graças as vendas do Surface Pro 3 e do Surface 3.

Os números detalhados podem ser conferidos no site da Microsoft.

About igorlt

Twitteiro compulsivo formado em Rádio & TV. Usuário Nokia desde 1999 e expert em Mobile Payment.