sexta-feira , 12 agosto 2022

Review: Surface Pro 2 da Microsoft mostra que é totalmente possível abandonar o notebook

Surface_Pro_2_1

Há pouco mais de um ano, mais exatamente no dia 26 de outubro de 2012, chegava as lojas americanas a primeira versão do tablet da Microsoft, o Surface RT. Nesse mesmo dia eu estava nos EUA e comprei o equipamento que desde então, tenho sido meu companheiro diário no trabalho e principalmente em viagens.

Eu aprendi a me virar com as limitações do Windows RT. Na verdade, ele tem basicamente uma limitação que é não poder executar arquivos .EXE. De resto, é o Windows 8 como conhecemos e nem de longe é esse vilão que a mídia adora falar mal.

Mas chegou um momento em que a performance começou a deixar a desejar. Era basicamente isso que me impedia de trocar o notebook pelo Surface. Foi aí que tomei a decisão de fazer um upgrade para o Surface Pro 2.

Surface_Pro_2_3

Como obter uma melhor performance era o meu principal objetivo, optei pela versão com 8GB de RAM e 256GB de HD.

O Surface Pro 2 é um verdadeiro canhão. O processador é um Intel Core i5 e eu consigo até editar os vídeos do blog em alta definição sem dificuldade alguma.

Surface_Pro_2_2

No primeiro contato que tive com o Surface Pro 2 achei ele um pouco pesado (900 gramas). Afinal, minha referência eram as 676 gramas do Surface RT.

Depois entendi que o Surface Pro 2 não é um tablet pesado e sim um notebook leve. Pense nele como um concorrente aos ultrabooks. E um forte concorrente!

A máquina é potente o suficiente para dar conta de todo e qualquer trabalho feito em um notebook, mas com a conveniência e portabilidade de um tablet.

TYPE COVER 2

Type Cover 2

Como na primeira versão a Microsoft colocou apenas Type Covers pretas no mercado, acabei comprando uma Touch Cover. É um pouquinho mais difícil de digitar na Touch Cover mais eu já tinha pego o jeito. Porém quando eu precisava trabalhar muito tempo no Surface, o teclado me incomodava.

Atendendo ao pedido de muitos usuários (inclusive o meu), a Microsoft trouxe a Type Cover 2 em diversas cores.

Outra novidade da Type Cover 2 é que agora o teclado tem uma iluminação que ajuda a usar o Surface em ambientes mais escuros.

MICROSOFT OFFICE

Um dos grandes diferenciais do Surface é sem dúvida o uso corporativo, onde o Office é fundamental. No entanto, diferente do Surface RT, o Surface Pro 2 não vem com uma licença do pacote Office inclusa.

Isso não foi um problema pra mim, pois eu já tinha uma assinatura do Office 365 que me permite instalar o pacote Office completo em até 5 equipamentos, mas é algo que deve ser considerado no momento da compra do Surface.

BATERIA

Na hora de comprar um notebook ou tablet, é importante dar uma conferida na autonomia da bateria.

Nos meus primeiros testes com o Surface Pro 2, pude comprovar que trabalhando conectado a uma rede WiFi, a bateria tem uma duração média entre 4 e 6 horas.

Em modo stand by, a Microsoft fala entre 7 e 15 dias de duração. Mas sinceramente, esse é um teste que não tive como fazer, pois coloco meu Surface pra carregar todas as noites.

ACESSÓRIOS

Outro diferencial do Surface é a possibilidade de utilização de diversos acessórios, tenham eles sido criados exclusivamente para o Surface ou não.

A Microsoft tem investido em trazer uma grande variedade de dispositivos que podem ser integrados ao Surface.

Com os adaptadores VGA e HDMI (ambos vendidos a parte) é possível conectar o Surface a monitores, projetores ou aparelhos de TV. Quando utilizado com um cabo HDMI, o Surface também envia áudio para o outro aparelho. Assim, é possível utilizar o Surface para assistir Netflix na TV, por exemplo. Cada adaptador é vendido por aproximadamente US$ 40.

Microsoft Store (Las Vegas)

Com uma Docking Station vendida a parte por US$ 199, você pode transformar o Surface Pro 2 em um desktop, conectando monitores e outros dispositivos a ele.

Mas como o Surface possui USB e Bluetooth, você pode conectar praticamente qualquer dispositivo compatível com Windows nele, o que inclui, HD externos, pendrvives, mouse com ou sem fio e etc.

Surface Pro 2 (Stylus)

Uma caneta stylus vem inclusa com o Surface Pro 2. No vídeo a seguir, onde apresento o Surface, mostro essa caneta em funcionamento.

EXTRAS

A caixa do Surface Pro 2 vem com dois brindes:

  1. 200GB de armazenamento no SkyDrive OneDrive válidos por 2 anos
  2. Skype WiFi e 60 min de ligações para telefones fixos/mês válidos por 1 ano

E NO BRASIL?

A Microsoft não informa se o Surface um dia será lançado no Brasil. Sabemos que só recentemente, o Surface RT (o primeiro de todos) foi homologado pela Anatel.

Talvez o preço seja algo que impeça ou dificulte a vinda do Surface Pro 2 ao Brasil. Apenas para se ter uma ideia, nos EUA os preços dele variam de U$ 900 até US$ 1600. Vale lembrar que o teclado não está incluso nesse preço e é vendido a parte. A Type Cover 2 custa US$ 130 e a Touch Cover 2 é vendida por US$ 120.

Somando os altos impostos brasileiros a estes preços, meu palpite é que a configuração mais básica não custaria menos de R$ 4 mil e a mais completa em torno de R$ 6 mil. Talvez seja por isso que até hoje não encontramos o Surface nas prateleiras brasileiras.

About igorlt

Twitteiro compulsivo formado em Rádio & TV. Usuário Nokia desde 1999 e expert em Mobile Payment.