terça-feira , 21 maio 2019

Vale a pena comprar um tablet agora?

Logo que o iPad foi anunciado, grande parte do público (eu me incluo nessa leva), levantou perguntas como: “Qual a vatangem disso?” ou “O notebook e o celular me atendem perfeitamente, pra que eu vou querer um tablet?”

Por incrível que pareça essa essas perguntas não tem uma resposta muito clara até hoje, e mesmo assim o iPad é um sucesso de vendas. Um mérito da Apple que ninguém pode negar, é o fato dela ter conseguido criar um novo nicho de mercado. Tio Jobs e cia LTDA. tiveram uma visão estratégica de deixar muita gente de queixo caído.

O uso do tablet ainda é muito discutido. Uns vão dizer que é legal usá-lo em viagem, no aeroporto ou em um café. Mas levando em consideração o tamanho, peso e custo, no meu caso, o único lugar em que me vejo usando um tablet é dentro de casa. Na mesa do café e em cima da cama.

Tá quase lá!

Ainda assim, mesmo com essa mobilidade restrita, acreditem… penso bastante na possibilidade de ter um tablet. Mas a questão é, será que este é o momento certo?

Hoje os tablets são representados no mercado pelo iPad e pelo Galaxy Tab da Samsung. De um lado, temos o brinquedinho da Apple, com uma usabilidade fantástica, super amigável, e um touch screen de fazer inveja. Em contra partida, o iPad ainda tem algumas restrições, e na minha opinião a principal delas é a ausência de uma câmera. Não, eu não penso em tirar fotos com o iPad, mas usar o Skype em um tablet faria todo o sentido. Aliás, acho que é uma das coisas que eu mais gostaria de usar em um tablet.

Do outro lado, temos o Galaxy Tab. Os pontos fortes do equipamento da

Excelentes opcionais, e itens de série nem tanto!

Samsung são justamente os pontos fracos do iPad. Duas câmeras, porta USB e TV (analógica e digital). Rodando Android e com uma tela um pouco menor que a do iPad, cheguei a achar que este seria “o escolhido”. Porém, não gostei da navegação. Mexi muito pouco nele, mas o suficiente pra perceber que o browser iria me fazer passar nervoso. E pra completar, o touch screen dele deixou um pouco a desejar.

O iPad me agradou muito, se ele tivesse uma câmera e a TV digital, eu não pensaria duas vezes. Nos últimos dias, surgiram rumores que um iPad 2 pode aparecer no mercado em fevereiro. Mas, por enquanto, nada oficial!

E quanto aos demais fabricantes? Sabemos que a RIM também está chegando com uma proposta interessante, mas só vou opiniar depois de vê-lo ao vivo e a cores. E em 2011 finalmente teremos o tão prometido MeeGo.

Fruto de uma parceria entre Nokia, AMD e Intel, pouco se sabe de concreto sobre a plataforma. No youtube, existem diversos vídeos sobre ele, uns com uma interface horrível, e outros muito interessantes como esse video de uma versão pré-alpha do MeeGo for tablets, publicado em Junho deste ano.

Com todas essas variáveis, decidi por aguardar mais pouco. Até porque, estamos falando de um gadget que não vou carregar comigo, e consequentemente, vou usar muito pouco. O tablet ainda não vai me trazer nenhuma nova funcionalidade, apenas vai me proporcionar uma nova forma de uso.

Mas este é o meu caso. O uso e os benefícios do equipamento mudam de pessoa pra pessoa. E pra você, já chegou a hora de comprar um tablet?

About igorlt

Twitteiro compulsivo formado em Rádio & TV. Usuário Nokia desde 1999 e expert em Mobile Payment.