sexta-feira , 24 março 2017

iPhone não representa perigo; Android é o único a ameaçar o reinado do Symbian

Base de S.O. dos celulares em todo mundo

Não foi por acaso que esperei hoje pra abordar o assunto, nem foi por acaso que escolhi esse título chamativo. O tema que vou falar aqui foi justamente um dos motivos que me fez criar o FaixaMobi. Os números que vocês vão ver no decorrer desta matéria são todos públicos. No entanto, alguns sites e blogs tidos como “formadores de opinião”, tem divulgado estas mesmas informações, mas com títulos como “E agora, Nokia?”, “Lucros da Nokia estão caindo!” ou “O Symbian está morrendo” e etc. Hoje tem sido mais um dia repleto de notícias nessa linha. Curiosamente, o gráfico acima tem sido escondido por muitos destes sites. Os motivos cabem a vocês refletir.

Ok! Vamos ser justos! O Symbian ainda tem muita coisa que poderia ser melhorada. De certa forma, até concordo que a Nokia deveria ir atrás de um outro sistema operacional para os seus celulares. Quem usou o Maemo do N900, viu o belo trabalho que a Nokia fez aparentemente em tempo récorde. Mudanças são sempre bem-vindas!

O mercado de smartphones mudou muito. A concorrência passou a existir, e a ameaçar ao até então “monopólio” exercido pela Nokia. Para nós consumidores tudo isso é muito bom. Ganhamos mais opções, os preços estão caindo. Só coisas boas!

No entanto, os mais leigos em smartphones (observem que estou usando o termo “leigo em smartphone”, pois mutos experts em tecnologia ainda não dominam o mundo dos celulares), se iludem com as notícias distorcidas divulgadas mundo afora.

O quadro acima é claro e incontestável! O Symbian continua líder de mercado e o único S.O capaz de ameaçar essa liderança é o Android. O iOS da Apple já foi engolido pela plataforma do Google, e só em 2010 é que passou a enxergar o Blackberry pelo retrovisor.

Muitas vezes, nem mesmo os stakeholders parecem ter conhecimento do mercado em que atuam. Vejam só o que aconteceu. Tão acostumados ao mundo iPhone e Android, os investidores da Pixelpipe, pediram um levantamento de em qual das duas plataformas eles teriam maior crescimento e mais rápido. A resposta? Pra surpresa deles (e não minha) não era nenhuma das duas! Deu Symbian na cabeça!

Um ponto importante e que merece destaque, é que existem dois mercados onde a Nokia, e consequentemente o Symbian, são relativamente fracos: Estados Unidos e Japão.

O Japão possui uma enorme base de celulares próprios feitos pelas operadoras locais, e outros aparelhos que dificilmente veremos em outro lugar do mundo. (Lá tem até celular da Sharp, acreditam?). Então, não vamos levá-los em consideração nessa conversa.

Já o mercado norte-americano, que é importantíssimo para qualquer empresa global, foi nos últimos anos dominado pelo iPhone e pelo Blackberry. Recentemente, ambos foram ultrapassados pelo novo gigante: O Android!

Olhando sob esse ponto de vista, parece fazer todo sentido do mundo a ideia da Nokia passar a adotar o Android em seus aparelhos. Não estou falando em usabilidade, nem em o que seria melhor para os usuários. Estou falando simplesmente em estratégia empresarial. O Google é uma empresa adorada por todos e é um orgulho dos americanos. Uma parceria do gênero, certamente ajudaria no aumento do market-share da Nokia nos EUA. Mas ainda temos o MeeGo chegando, que também tem parceiros de peso como Intel e AMD. É esperar pra ver!

Seja como for, só poderemos considerar que o Symbian estará de fato morrendo, no momento em que a Nokia passar a adotar um outro sistema operacional em seus celulares. Somente assim, a base Symbian ficará estagnada e será ultrapassada, num primeiro momento pelo Android, e talvez um dia pelo iOS.

Com o recentemente lançamento do Symbian ^3 e do N8, a Nokia deu um “up” novamente nesses números, que tem tendência de crescimento em 2011, com os lançamentos do E7 e C7.

Além do Symbian ser o S.O mais utilizado no mundo mobile, a Nokia continua sendo o fabricante líder no mercado de celulares e smartphones, sendo responsável por cerca de 31% dos aparelhos em todo mundo. A Samsung, que é o segundo colocado tem pouco mais da metade deste número. Para vocês terem uma ideia, a Apple tem disputado o quarto lugar com a RIM do Blackberry. (O terceiro lugar pertence a LG).

Independente do que acontecer no campo dos sistemas operacionais, a liderança de mercado da Nokia está garantida. Esses números impressionam e apesar de realmente ter perdido uma fatia de mercado para seus concorrentes, ainda está muito longe de algum outro fabricante sequer representar uma ameaça. Me lembrei de uma declaração dada ano passado pelo Steve Jobs, quando disse algo parecido com “Não queremos ser tão grandes quanto a Nokia, mas queremos fazer os melhores smartphones”.

Se até o CEO (da época) reconhece e respeita o posicionamento do líder de mercado, pensem duas vezes antes de simplesmente “acreditar” em tudo que vocês lêem por aí. Questionem tudo, até os meus textos, afinal ninguém é dono da verdade. (Emboram muitos gostariam).

Dia 11 de Fevereiro, a Nokia deverá anunciar novidades em sua estratégia. Estão preparados? Acredito que teremos boas novidades em breve!

Vejam esses números interessantes:

  • Só em 2010, a Nokia vendeu mais de 100 milhões de aparelhos celulares;
  • A Ovi Store contabiliza mais de 4 milhões de download/dia;
  • O Ovi Maps cobre 180 países, mais de 100 deles com sistema de navegação gratuita;
  • Somente no último trimestre de 2010, foram vendidos mais de 28 milhões de smartphones Nokia.
  • Estima-se que a Nokia tenha fechado 2010, com um índice de vendas de smartphones 36% superior a 2009.

Diante de tudo isso, é díficil de entender o posicionamento de algumas empresas que optam pela excelente iniciativa de desenvolver aplicativos mobile, como o caso do Pão de Açúcar, que fez até aplicativo para o Windows Phone 7, mas que ainda ignoram a plataforma Symbian. Aliás, vamos tentar um contato com a diretoria de tecnologia do Pão de Açúcar, e publicaremos aqui mesmo a resposta obtida.

Aproveito e convido a todos vocês a fazer o mesmo questionando as empresas envolvidas, sempre que sentirem a falta de um aplicativo para o seu celular (seja ele qual for).

Sobre igorlt

Twitteiro compulsivo formado em Rádio & TV. Usuário Nokia desde 1999 e expert em Mobile Payment.

Veja também

Porque escolhi o Enpass para gerenciar minhas senhas ao invés do LastPass e 1Password

Faz tempo que eu procuro um serviço/aplicativo para administrar os vários logins e senhas que ...

  • Diego

    Rpz, vc botou pra quebrar agora!!!

    Eu nunca entendi pq falavam tanto no iOS e no Android e ninguem falava que o lider de mercado era o velho Symbian! Não entendo pq a Nokia não explora isso. Pq os desenvolvedores nao enxergam isso!

    Eu me pergunto se a Nokia não peca em propaganda. Pq é isso que falta. Só isso. A Apple, quando vai lançar o iPhone, faz um mistério, um megaevento, lança boato, faz de tudo um pouco pra deixar todo mundo curioso. As ações disparam. É um alvoroço! Torna o iPhone objeto de desejo, mesmo sendo ele cheio de travas, restrições e tudo mais. Qdo apareceu, nao tinha MMS, nao tinha copia e cola, o bluetooth até hj é bloqueado (vai pra lá!!!!!!). Já testei iPhone, brinquei com ele, mas nunca tive realmente vontade de ter um.

    Esperei, esperei, esperei até que a Nokia lançasse um celular capaz de substituir meu antigo N95 8GB. Qdo saiu o N97 até pensei: “É agora!”. Mas com pouco tempo começaram a aparecer reviews falando que era fraco, tanto o SO quanto o hardware. Desisti. Daí veio os rumores do N8. Rumores. Não oficiais. E do tipo só quem se interessa por isso vai saber que a Nokia tá pensando num celular realmente de ponta.

    A Nokia não faz com que os seus celulares se tornem objetos de desejo, pq é o que move o consumo desse tipo de equipamento de ponta. Parecia confortavelmente acomodada com a liderança absoluta do mercado. E demorou pra acordar!!!

    O Android conta com a força do Google e, como vc mencionou lá em cima, os americanos adoram.

    Não torço pra que a Nokia abandone o Symbian e adote o Android. Só espero que ela dê um novo gás no Symbian. Acredito que seja complicado pra Nokia adotar um outro SO como principal, uma vez que o principal SO dela atualmente é o líder de mercado. Por que adotar outro? Basta que ela o desenvolva e faça com que ele evolua.

    O MeeGo vem por aí e parece ser ótimo. É uma plataforma multiuso. Blz.
    Mas nos smartphones, ela não precisava ter dois trabalhos e iniciar uma autofagia pra tentar recuperar o tempo perdido.

  • Pedro

    Ótimo texto! Nunca fui tão interessado pelo mundo mobile como agora. Comprei o N8 recentemente e com certeza ele superou as minhas expectativas. E como você mesmo disse no texto, quase eu me deixei ser influenciado, por diversos blogs da internet, a escolher o Iphone.

    Não tinha conhecimento desses dados mas realmente são incríveis.

  • Fernando

    é exatamente o que vocês disseram tenho o N8 e digo com toda a certeza é perfeito pra min mais cada um tem sua opnião, esse já é o meu 14′ celular e todos da Nokia porque eu vou mudar agora e minha vontade é que a Nokia desse um up violento no Symbian o deixasse ainda mais competitivo e melhor, na minha opnião ta muito longe do symbian basta a nokia querer que ele vai muito longe.

  • Marcio

    Gosto do meu N8, mas é fato que para algumas coisas precisa de vários cliques, além dos ícones e telas defasadas, falta um apelo mais visual e tirar o excesso, ser mais simplista como o Android. Acredito que o S^4 venha com esta proposta, até pq pelas imagens parece um pouco com o Maemo.

    Além de umas intabilidades que me força a reiniciar o aparelho, tipo não mostra a capa do ábum no leitor de música ou demora pra travar/destravar o aparelho.

    O contatos deveria integrar o Ovi Social, mostrando as atualizações do facebook e twitter, além da possibilidade de mandar recados pelo bate papo do facebook.

    O que eu gosto é o transmissor FM que depois de receber uma chamada volta a tocar a música de forma crescente, acelerometro para silenciar chamada e alarme (este uso todos os dias), sincronização com o OVI Contatos, OVI Mapas, sem falar da câmera que é show.

    O hardware do N8 com certeza é melhor que o Software.

  • Fabio

    Parabéns pelo artigo!

    Também me pergunto pq não desenvolvem aplicativos p/ symbiam. Será que nokia é celular de pobre?!

  • Pedro

    Finalmente alguem que não esconde a verdade!!
    A partir de hoje vou ficar sempre atento ao site…
    Continuação do bom trabalho..

  • Andelson Marcelino

    Belo texto. Comungo com você e suas idéias. Me incomoda ainda a boa vontade que imprensa tem com a Apple e com o Android de uma forma geral e a má vontade com a Nokia/Symbian. Da Nokia, qualquer notícia é destacada como ruim, se pegam ao aspecto pior, mesmo que haja bons. Dá Apple e Android sempre realçam as coisas boas. Estranhos que isso se replica.
    Quanto ao seu texto, só uma retificação, nos highlights você diz que a Nokia vendeu mais de 100 milhões de celulares em 2010, na verdade vendeus mais de 400 milhôes, 160 milhôes apenas no quarto bimestre. Abraços

  • O maior problema do Symbian é a complexibilidade para desenvolver aplicativos.
    Você gasta muitas linhas de código para fazer coisas que estão presentes nos SDK de Android e iOS.

    E o Symbian não se integrou bem com os serviços da nuvem. Dropbox, Evernote, não têm clientes oficiais, e, para quem os utiliza, acaba tendo que se afastar da plataforma.

  • Walter

    Otimo / essa é realmente a verdade / nem ligo mais pros sensacionalistas do Android e IOS – agora é esperar pelo dia 11

  • Adson L. Guimarães

    Mauro Martins,
    Com o NOKIA SDK e o qt Creator, não acho dificil desenvovler para symbian, maemo ou meego. Você pode desenvolver com Python, ou C++, pode utilizar o qt quick, qt web kit, QML, HTML5, CSS, Javascript e Etc. Aconcelho a ler o livro Beginning Nokia App development da Editora Apress, Ray Rischpater e Daniel Zucker. Esse livro pode ser baixado na internet. É para iniciantes. Uma vez desenvolvida a aplicação, você pode porta-la para windows, linux, Mac OX, symbiam, maemo ou meego. Justamento por causa dessa portabilidade entre varias plataformas que o Google Earth, KDE, Opera e Skype utilizão o QT. Valeu!

  • Márcio

    A estratégia da Nokia é o desenvolvimento em QT, por ser multiplataforma, será posível programar para ambas as plataformas e quem sabe, outros sistemas acabem aderindo ao QT.

    Sendo assim, difícil a Nokia adotar o Android, e gostei muito do Maemo, se vier o Meego com a mesma proposta, será meu próximo aparelho. A Nokia só precisa integrar mais o Meego com seus sistemas, com todos os Ovi’s.

  • Klaus

    A razão do Iphone não ameaçar ninguém em números é bem simples: enquanto Symbian e Android equipam muitos aparelhos, desde os mais baratos aos mais caros, o sistema do Iphone equipa apenas Iphone (um dos celulares mais caros do mercado). Obviamente que em quantidade o Iphone não representará muito no gráfico, pois não são todos que disponibilizam de R$1.500-R$2.000 para gastar em celular. Sejamos realistas… Tenho N8 e sou fã da Nokia. Não gosto de Iphone, mas não posso deixar de fazer uma observação racional.